terça-feira, 24 de abril de 2018

CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES NA ESTRADA RUMO A SERRA TALHADA

ESPETÁCULO TEATRAL O PERU DO CÃO COXO HOJE NO MUSEU DO CANGAÇO EM SERRA TALHADA


Começa nesta quarta-feira (25) e segue até domingo (29), um dos eventos culturais de maior destaque do interior de Pernambuco, a 11ª edição da Mostra de Teatro de Serra Talhada. Dezoito espetáculos vão ocupar os palcos montados no Museu do Cangaço, Teatro do CEU das Artes, Pátio da Feira Livre, além das escolas Cônego Torres e Irnero Ignácio. A abertura será às 21h no Museu do Cangaço, e vai contar com o espetáculo ” O peru do cão coxo”, montagem do Centro de Criação Galpão das Artes, de Limoeiro, para a comédia assinada por Ariano Suassuna, e ambientada no Sertão de Taperoá, terra do escritor.

No primeiro contato com o público ( pré estreia em Recife ), a montagem teatral recebeu a apreciação dos familiares do escritor, através da esposa, filhas, sobrinha, netos e bisnetos.

Na trama, a preguiça é descortinada em um picadeiro de intrigas no Sertão de Taperoá, quando um poeta e sua esposa são alvo de uma dupla de trapaceiros. No elenco, estão Jadenilson Gomes, Charlon Cabral, Lucas Dias, Gaby Salles, Wíris Costa, Allan Victor, Dvson Alves e Thiago Freitas.

A direção de arte conta com as mãos de Thiago Freitas, enquanto o figurino, rico em retalhos, passaram pelas mãos dos costureiros Sivaldo Moura e Wellington Pereira .

Além da pré estreia na capital pernambucana, o espetáculo cumpriu uma temporada de três finais de semana em Limoeiro e retornou a Recife para cumprir mais uma apresentação, sendo esta no 19º Festival Recife do Teatro Nacional, no COMPAZ Escritor Ariano Suassuna.

Na criação do cenário e direção do espetáculo, Charlon Cabral ( arte educador ) mais uma vez voltou à cena.

domingo, 22 de abril de 2018

A MONTAGEM COM OBRA DE ARIANO SUASSUNA TEM DIREÇÃO DE CHARLON CABRAL

ESPETÁCULO O PERU DO CÃO COXO CHEGOU A TAPEROÁ NA PARAÍBA
 
 

Após a pré-estreia no mês de outubro na Caixa da Poesia no Museu do Cais do Sertão (Recife ) o Centro de Criação Galpão das Artes ( Limoeiro ) segue com outras apresentações  da comédia O Peru do Cão Coxo



Trata-se de uma obra do dramaturgo Ariano Suassuna neste sábado (21),  às 20h , na praça João Suassuna , no centro da cidade de Taperóa e o acesso será gratuito.



No primeiro contato com o público ( pré estreia em Recife ), a montagem teatral recebeu a apreciação dos familiares do escritor, através da esposa, filhas, sobrinha, netos e bisnetos.



Na trama, a preguiça é descortinada em um picadeiro de intrigas no Sertão de Taperoá, quando um poeta e sua esposa são alvo de uma dupla de trapaceiros. No elenco, estão Jadenilson Gomes, Charlon Cabral, Lucas Dias, Gaby Salles, Wíris Costa, Allan Victor, Dvson Alves e Thiago Freitas.



A direção de arte conta com as mãos de Thiago Freitas, enquanto o figurino, rico em retalhos, passaram pelas mãos dos costureiros Sivaldo Moura e Wellington Pereira .



Além da pré estreia na capital pernambucana, o espetáculo cumpriu uma temporada de três finais de semana em Limoeiro e retornou a Recife para cumprir mais uma apresentação, sendo esta no 19º Festival Recife do Teatro Nacional, no COMPAZ Escritor Ariano Suassuna.


Na criação do cenário e direção do espetáculo, Charlon Cabral ( arte educador ) mais uma vez voltou à cena.

ESPETÁCULO LIMOEIRENSE CHEGOU A TAPEROÁ




ESPETÁCULO O PERU DO CÃO COXO CHEGOU A TAPEROÁ NA PARAÍBA

Após a pré-estreia no mês de outubro na Caixa da Poesia no Museu do Cais do Sertão (Recife ) o Centro de Criação Galpão das Artes ( Limoeiro ) segue com outras apresentações  da comédia O Peru do Cão Coxo



Trata-se de uma obra do dramaturgo Ariano Suassuna neste sábado (21),  às 20h , na praça João Suassuna , no centro da cidade de Taperóa e o acesso será gratuito.



No primeiro contato com o público ( pré estreia em Recife ), a montagem teatral recebeu a apreciação dos familiares do escritor, através da esposa, filhas, sobrinha, netos e bisnetos.



Na trama, a preguiça é descortinada em um picadeiro de intrigas no Sertão de Taperoá, quando um poeta e sua esposa são alvo de uma dupla de trapaceiros. No elenco, estão Jadenilson Gomes, Charlon Cabral, Lucas Dias, Gaby Salles, Wíris Costa, Allan Victor, Dvson Alves e Thiago Freitas.



A direção de arte conta com as mãos de Thiago Freitas, enquanto o figurino, rico em retalhos, passaram pelas mãos dos costureiros Sivaldo Moura e Wellington Pereira .



Além da pré estreia na capital pernambucana, o espetáculo cumpriu uma temporada de três finais de semana em Limoeiro e retornou a Recife para cumprir mais uma apresentação, sendo esta no 19º Festival Recife do Teatro Nacional, no COMPAZ Escritor Ariano Suassuna.


Na criação do cenário e direção do espetáculo, Charlon Cabral ( arte educador ) mais uma vez voltou à cena.

sexta-feira, 13 de abril de 2018

CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES RETOMA PROJETO COM COLETIVO DE 25 ( VINTE E CINCO ) CRIANÇAS

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA E CONFECÇÃO DE BRINQUEDOS POPULARES NO CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES (LIMOEIRO-PE)


MUITA ARTE PARA CRIANÇADA NO CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES

CRIANÇADA DE VOLTA AO CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES AGORA NESTE SÁBADO – 14 DE ABRIL ÀS 7:30 HORAS DA MANHÃ.



Inserindo crianças que vivem em áreas consideradas de risco no universo cultural é o propósito do Centro de Criação Galpão das Artes, localizado no centro da cidade de Limoeiro (agreste setentrional distante 77 km de Recife).

Em dezembro, a instituição cultural comemora 18 (dezoito) anos de existência, mas a celebração já foi antecipada desde já. Crianças e adolescentes irão manter contato com o teatro e a literatura através do projeto ARTE EDUCAÇÃO.

Com uma turma de 25 (vinte e cinco) crianças, entre 8 e 12 anos, serão atendidos nesta ação que, tem como propósito modificar a realidade de crianças que apresentam problemas de aprendizagem, além de incentivar a leitura, a produção textual e a interpretação de textos, o foco também está relacionado ao direito de brincar, permitindo a criançada confeccionar o seu próprio brinquedo.

"Aqui elas encontram o espaço que não possuem em suas comunidades. A vivência apresenta como  metodologia a oficina atendendo as linguagens do teatro, desenho, pintura, cinema e confecção de brinquedos populares, como barangandão, peteca e rói rói. Também orientamos sobre temas como sexualidade, violência e pedofilia", acrescenta Edna Alves, arte-educadora do Centro de Criação Galpão das Artes.

O público alvo que fará parte desta ação estuda nas escolas municipais (Limoeiro) São Francisco e João Heráclio Duarte que tem como gestoras respectivamente Michele Labanca e Paula Santos e atenderemos inicialmente um coletivo de 25 ( vinte e cinco ) crianças em 2018.

domingo, 8 de abril de 2018

CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES RUMO A SERRA TALHADA



MOSTRA DE TEATRO EM SERRA TALHADA TEM ESPETÁCULO LIMOEIRENSE NA PROGRAMAÇÃO - O PERU DO CÃO COXO



A XI MOSTRA DE TEATRO DE SERRA TALHADA se realizará nos dias 25, 26, 27, 28 e 29 de abril. Dos mais de 40 espetáculos inscritos para compor a programação da Mostra, 18 foram selecionados para se apresentar no Quintal do Museu do Cangaço, Teatro do CEU das Artes, Pátio da Feira Livre, além das escolas Cônego Torres e Irnero Ignácio. Entre os trabalhos selecionados, alguns dos mais premiados do estado, como as peças “Mucurana, o Peixe”, “O Peru do Cão Coxo”, “O Espelho da Lua”, “Frei Molambo”, “Chico Cobra e Lazarino”, “O Delator” e “História de Uma Viagem Para Se Encantar”.
Além dos espetáculos, a programação apresentará ainda um Tributo ao Poeta serra-talhadense Antônio Vital, através de uma Leitura Dramatizada resgatando suas principais obras. A Poetisa de São José do Egito Isabelly Moreira apresentará também uma Leitura Dramatizada de sua obra “Canta Dores”. Toda a programação da Mostra é gratuita e tem o incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, através do FUNCULTURA, FUNDARPE e Secretaria Estadual de Cultura.
FORMAÇÃO
Dentro da programação da Mostra haverá ainda uma jornada de Oficinas Técnicas, que serão ministradas no CEU das Artes. Entre elas, destaca-se a “Oficina de Direção Teatral” que será conduzida por José Pimentel, um dos principais nomes do Teatro Brasileiro, e uma “Oficina de Dramaturgia” com o premiado dramaturgo pernambucano Adriano Marcena.
A Mostra terá ainda “Oficina de Técnicas Corporais”, com Jadenilson Gomes e “Oficina de Contação de História”, com Charlon Cabral, ambos do Centro de Criação Galpão das Artes, de Limoeiro.
As inscrições para as Oficinas são gratuitas e poderão ser realizadas no Museu do Cangaço e na Casa da Cultura.
HOMENAGEM
Em sua décima primeira edição, a Mostra de Teatro terá como homenageado o artista pernambucano Romualdo Freitas, natural da cidade de Arcoverde.
Atuando nas Artes Cênicas desde 1978, Romualdo é Diretor, Bailarino, Cenógrafo, Ator e Aderecista, com passagem marcante pelos estados de Pernambuco, Pará e Acre, tendo desenvolvido atividades de produção e formação nos segmentos de Teatro e Danças Populares.
Recebeu diversos prêmios em várias categorias em Festivais e Mostras das quais participou em todo território nacional, com destaque para: Melhor Direção nos Festivais de Teresina/PI e Franca/SP; Melhor Direção e Melhor Ator no Festival de Teatro do Cabo de Santo Agostinho/PE; Melhor Direção no 14º Janeiro de Grandes Espetáculos; Melhor Direção e Melhor Ator no Festival de Teatro da Língua Portuguesa (FESTILIP), entre outros.
Ex-presidente da FETEAPE (Federação de Teatro de Pernambuco), atualmente desenvolve atividades culturais no Estado do Acre.
A Mostra de Teatro de Serra Talhada é uma das mais importantes do interior de Pernambuco, destacando a diversidade cênica ao contemplar espetáculos dos mais variados gêneros e formatos, inéditos ou não, para público adulto e infanto-juvenil, em linguagens como o circo-teatro, teatro musical e teatro de rua.


SERVIÇO:
XI Mostra de Teatro de Serra Talhada
De 25 a 29 de abril de 2018
E-mail: mostradeteatrodeserratalhada@gmail.com
Telefone: (87) 3831-3860 / 99938-6035 / 99918-5533

quarta-feira, 7 de março de 2018

KARLA MARTINS EM OFICINA NO CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES NESTA SEXTA (09)

Oficina: Travessias d'Arte: história e educação na aprendizagem do mundo em movimento.
 
 
A oficina ofertada pelo Centro de Criação Galpão das Artes ( Limoeiro ) propõe um mergulho teórico-prático na história da arte como caminho para a construção de novas propostas metodológicas dentro do contexto escolar. Tendo como Público alvo: Arte-educadores, Pedagogos, Professores da área de linguagens e áreas afins  e com duração: 2 horas, no horário das 18 às 21 horas, oportunizando 25 vagas

A oficina será Ministrada pela Profa. Ms. Karla Martins  (UFRN) Mestra pelo Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Especialista em Gestão e Produção Cultural pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE). Graduada na Licenciatura em Educação Artística / Habilitação em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). É membro do grupo de pesquisa e extensão Mito, Rito e Cartografias Femininas nas Artes vinculado à Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Atualmente, integra o corpo docente dos colégios Damas da Instrução Cristã, Marista São Luís e Eximius, como Professora de Artes (Fund. II e Ensino Médio)  e, como Professora de Teatro da Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE), no Programa de Pós-graduação em Educação e Ludicidade.

A entrada será a doação de leite em pó. O apoio para realização tem o incentivo da GRE VALE DO CAPIBARIBE e Secretaria Municipal de Educação e Esportes de Limoeiro - SEDUC.

Maiores informações pelo celular 9 . 9739.6207 - PRODUÇÃO: Fábio André - CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES

SÁBADO (10) É DIA DE TEATRO NO CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES

O PERU DO CÃO COXO NESTE SÁBADO ( 10 ) NO CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES ( LIMOEIRO )



Após a pré-estreia no mês de outubro na Caixa da Poesia no Museu do Cais do Sertão (Recife ) o Centro de Criação Galpão das Artes ( Limoeiro ) segue com outras apresentações  da comédia O Peru do Cão Coxo

Trata-se de uma obra do dramaturgo Ariano Suassuna neste sábado (10),  às 20h , no teatro do próprio Centro de Criação Galpão das Artes ( auditório jornalista Cristiano Donato ), na Rua Vigário Joaquim Pinto,nº 465, no centro da cidade de Limoeiro e o acesso ao espetáculo permite a um jantar no final do espetáculo com entrada no valor de R$ 60,00 ( sessenta reais ).

No primeiro contato com o público ( pré estreia em Recife ), a montagem teatral recebeu a apreciação dos familiares do escritor, através da esposa, filhas, sobrinha, netos e bisnetos.

Na trama, a preguiça é descortinada em um picadeiro de intrigas no Sertão de Taperoá, quando um poeta e sua esposa são alvo de uma dupla de trapaceiros. No elenco, estão Jadenilson Gomes, Charlon Cabral, Lucas Dias, Gaby Salles, Wíris Lane, Allan Silva, Dvson Alves e Thiago Freitas.

A direção de arte conta com as mãos de Thiago Freitas, enquanto o figurino, rico em retalhos, passaram pelas mãos dos costureiros Sivaldo Moura e Wellington Pereira .

Além da pré estreia na capital pernambucana, o espetáculo cumpriu uma temporada de três finais de semana em Limoeiro e retornou a Recife para cumprir mais uma apresentação, sendo esta no 19º Festival Recife do Teatro Nacional, no COMPAZ Escritor Ariano Suassuna.

Na criação do cenário e direção do espetáculo, Charlon Cabral ( arte educador ) mais uma vez voltou à cena.

terça-feira, 6 de março de 2018

TEM OFICINA DE ARTE COM A MESTRE E ATRIZ KARLA MARTINS NO CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES

Oficina: Travessias d'Arte: história e educação na aprendizagem do mundo em movimento.
 

A presente oficina propõe um mergulho teórico-prático na história da arte como caminho para a construção de novas propostas metodológicas dentro do contexto escolar.

Público alvo: Arte-educadores, Pedagogos, Professores da área de linguagens e áreas afins.

Duração: 2 horas

Ministrada pela Profa. Ms. Karla Martins  (UFRN)

Mestra pelo Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Especialista em Gestão e Produção Cultural pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE). Graduada na Licenciatura em Educação Artística / Habilitação em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). É membro do grupo de pesquisa e extensão Mito, Rito e Cartografias Femininas nas Artes vinculado à Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Atualmente, integra o corpo docente dos colégios Damas da Instrução Cristã, Marista São Luís e Eximius, como Professora de Artes (Fund. II e Ensino Médio)  e, como Professora de Teatro da Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE), no Programa de Pós-graduação em Educação e Ludicidade.


CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES ENCERRA AS VENDAS DAS SENHAS DE ACESSO AO JANTAR BENEFICENTE COM O CHEF SÍLVIO RODRIGUES

QUE TAL JANTAR com o elenco do espetáculo teatral O PERU DO CÃO COXO ( de Ariano Suasuna e direção de Charlon Cabral ) com a culinária do Chef Silvio Rodrigues, no próximo dia 10 de março ( sábado ), às 20h?

domingo, 4 de março de 2018

A INFÃNCIA COM O PINCEL NA MÃO ATÉ O DIA 05 DE MARÇO


A INFÂNCIA COM O PINCEL NA MÃO tem período de visitação ampliado até 5 de março

TEXTO DO JORNALISTA Marcus Iglesias

Resultado de uma série de oficinas com crianças ministradas no Centro de Criação Galpão das Arte, a exposição ainda conta com uma contação de histórias teatralizada a partir da obra O Pequeno Príncipe
O Centro de Criação Galpão das Artes, em Limoeiro, ampliou até o dia 5 de março a visitação da exposição A INFÂNCIA COM O PINCEL NA MÃO, resultado de uma série de oficinas ministradas pela artista plástica limoeirense Rosélis Alves, com crianças na faixa etária entre oito e 12 anos de idade. A visita é aberta ao publico geral e pode ser feita pela manhã e tarde, em horário comercial.
Ao todo, 25 telas abordam temas relacionados aos brinquedos populares e temas livres, retratados pelas crianças participantes das oficinas, realizadas no final de 2017 e em janeiro deste ano. Para Taciana Portela, Gerente de Políticas Culturais da Secretaria de Cultura de Pernambuco, convidada para a abertura da mostra, o Galpão das Artes “mais uma vez realiza um trabalho de muita importância para a região e para o estado Pernambuco, porque mostra a importância de sonhar juntos e reafirmar que a arte, a inquietação dos artistas e suas trupes são essenciais, ainda mais em tempos sombrios como o que vivemos”.
Segundo Fábio André, organizador da mostra, a ampliação da visitação aconteceu por conta da grande procura de escolas e ONGs para participar da atividade. “Este trabalho, direcionado para o público infantil, busca criar um diálogo entre as artes visuais, as artes cênicas e a música, com uma contação de histórias teatralizada e musicada a partir da obra do francês Antonie Saint Exupérry – O Pequeno Príncipe”, explica o produtor. A montagem é interpretada pelos atores Lucas Dias e Gaby Sales.
De acordo com o organizador da mostra, a escolha d’O Pequeno Príncipe se deu para estimular uma cultura de paz no ambiente escolar, “principalmente agora que o presidente dos EUA Donald Trump decidiu dar arma a professor. Nada mais justo do que cultivar e minimizar essa violência. Hoje, as artes cênicas têm essa visão e missão de utilizar outras linguagens associada aos direitos humanos”. Ele revela ainda que o Centro de Criação Galpão das Artes registrado como Ponto de Memória pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), irá reinaugurar em abril com o acervo de brinquedos populares.
Fábio André também conta que a ideia é associar as linguagens artísticas em prol da solidariedade. “O que estamos pedindo como entrada é leite para doação, que será entregue a instituições como o Instituto Padre Luis Cecchin. Nesta quarta-feira (28), por exemplo, vamos fazer uma rodada de entrega dessas doações”. Caso alguma escola, ONG ou grupo especial queira agendar uma visita, deve entrar em contato com Fábio através dos telefones (81) 99739 6207 e 99684 0567.
TEXTO DO JORNALISTA Marcus Iglesias

sábado, 17 de fevereiro de 2018

PROGRAMAÇÃO DO DIA 21 DE FEVEREIRO ÀS 19 HORAS TEM CONTAÇÃO DE HISTÓRIA



Artes Visuais: A INFÂNCIA COM O PINCEL NA MÃO tem abertura oficial nesta próxima quarta-feira ( 21 ) às 19 horas.

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA - O PEQUENO PRÍNCIPE SERÁ COM LUCAS DIAS E GABY SALLES



O Centro de Criação Galpão das Artes ( Limoeiro ) promove de 21 a 23 de fevereiro uma programação bem especial que apresenta um misto a partir de uma exposição que associa contação de história e música para criançada.

A exposição intitulada A INFÂNCIA DE PINCEL NA MÃO é um resultado de oficinas ministradas pela artista plástica Rosélis Alves com crianças na faixa etária entre 08 a 12 anos de idade. São 25 ( vinte e cinco ) telas que abordam tema relacionado aos brinquedos populares e temas livres que foram retratados pela criançada que participou das oficinas nos anos de 2017 e de janeiro de 2018.

Na abertura dia 21 de fevereiro ( próxima quarta-feira ) às 19 horas na respectiva vernissage a programação contempla apresentação de uma contação de história teatralizada com a obra do francês Antonie Saint Exupérry  - O Pequeno Príncipe, interpretados pelos atores Lucas Dias e Gaby Salles. O público presente será recepcionado pela voz do também violonista Ednaldo Nascimento. O público pode apreciar a referida exposição também nos dias 22 e 23 sempre pela manhã e tarde, em horário comercial.

A entrada é com doação de leite, já que o evento tem um viés social e será repassado para instituições carentes da cidade. A instituição cultural Centro de Criação Galpão das Artes, fica localizada à rua Vigário Joaquim Pinto, nº 465, bem no centro de Limoeiro, no agreste setentrional de Pernambuco.